Partida vencida em campo pela Aparecidense terá que começar do zero

Com a liberação, o julgamento da medida inominada da Aparecidense, marcada para esta quinta-feira, não irá mais ocorrer

Por No Drible 14/03/2019 - 10:00 hs
Foto: DIVULGAÇÃO
Partida vencida em campo pela Aparecidense terá que começar do zero
GOIAS

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu uma nova data da partida entre Aparecidense-GO e Ponte Preta, pela primeira fase da Copa do Brasil. Com a liberação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a entidade agendou o duelo para às 19h15 do dia 3 de abril (quarta-feira), no Estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia.

Com a liberação, o julgamento da medida inominada da Aparecidense, marcada para esta quinta-feira, não irá mais ocorrer. O time goiano tentava anular a decisão do tribunal, baseado nos procedimentos internos do STJD e na troca de auditores durante a audiência. O presidente Paulo César Salomão Filho havia decidido por abrir votação, mas voltou atrás no mesmo dia, acabando com qualquer chance de reverter o resultado conquistado pela equipe campineira no tribunal.

Essa era a última cartada da Aparecidense, pelo menos em nível nacional – o clube promete entrar com um pedido na Fifa para anular o julgamento favorável à Ponte Preta. No dia 22 de fevereiro, em sessão itinerante em Fortaleza, o STJD decidiu por cinco votos a quatro a impugnação do jogo, vencido pelo time goiano por 1 a 0, atendendo ao pedido de interferência externa do clube campineiro. Desde a decisão, a CBF aguardava um posicionamento para remarcar o jogo. Quem passar de Aparecidense e Ponte Preta enfrentará o Bragantino-PA, na segunda fase da competição nacional.