Conmebol endurece discurso por segurança na Libertadores

Diretor cita morte de torcedor em jogo do Corinthians e explica nova dinâmica de monitoramento de imagens dos estádios: ''Ninguém vai deixar passar nada''

Por Abdon Barbosa 23/01/2019 - 17:34 hs
Foto: Martin Fernandez
Conmebol endurece discurso por segurança na Libertadores
Fred Nantes, à esquerda, em coletiva da Conmebol

No processo de tentar mudar a imagem construída em volta da Copa Libertadores, a Conmebol preparou para 2019 uma nova dinâmica para ajudar a entidade e diminuir problemas disciplinares e de violência, ainda notórios dentro dos estádios do continente.

A partir deste ano, foi criado um ''Centro de Comando e Controle'' na sede da Conmebol, em Assunção. Todas as imagens da transmissão feitas pela entidade serão recebidas e analisadas por dirigentes. Todos os setores do estádio serão monitorados.

 A Conmebol mostrou ano passado que não está relevando nada que esteja fora do regulamento. Fomos alvos de críticas duras de clubes, da imprensa, pela questão disciplinar. Ninguém vai deixar passar nada. Se não cumprir o regulamento, tem que ser responsável pelas atitudes - disse Fred Nantes, diretor de competições de clubes da Conmebol. 

GE